< Miradouro da alma: <p align="center">A filha da lua</p align="center">

07 maio 2006



A filha da lua



Klimt - Mother and child


Oh minha mãe lua,
que numa noite encantada
me senti, como num conto,
parte do teu belo luar,
Deste-me os sonhos
e por entre suaves beijos
desses finos lábios de lua
embalaste-me em doces sonos
no calor do teu colo,
Sorvi todo o teu amor
desse coração quarto-crescente,
em sofregos goles,
que fizeram o meu crescer.
Alumia-me esse brilho
de doce olhar que só
A lua cheia pode ter,
cada dia do meu viver
E em ti, obrigada,
minha querida mãe
porque num dia lindo
me fizeste filha tua,
obrigado, porque
desde esse dia, sou
a filha da lua.

F.


0 Comentários:

Enviar um comentário

<< Home