< Miradouro da alma

21 dezembro 2005




[...]
Partir!
Nunca voltarei,
Nunca voltarei porque nunca se volta.
O lugar a que se volta é sempre outro,
A gare a que se volta é outra.
Já não está a mesma gente, nem a mesma luz, nem a mesma filosofia.

Partir! Meu Deus, partir! Tenho medo de partir!...



Alvaro de Campos


0 Comentários:

Enviar um comentário

<< Home